Conselhos

Quanto tempo leva para curar um braço quebrado?

Quanto tempo leva para curar um braço quebrado?



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Sobre o intervalo

Um braço quebrado não apenas causa dor extrema, mas também impede que uma pessoa use o braço por semanas e, às vezes, meses por vez. Geralmente, a quantidade de tempo de recuperação depende da gravidade do intervalo, do local do intervalo e de quão bem o paciente segue as ordens de tratamento de um médico. Existem vários tipos de ossos quebrados (também conhecidos como fraturas): completos, onde o osso foi quebrado em dois; greenstick, onde o osso não quebrou completamente, mas está rachado de um lado; único, onde o osso é quebrado em apenas um lugar; triturado, onde o osso foi quebrado ou quebrado em vários pedaços; e aberto, onde o osso é quebrado tão severamente que se destaca pela pele.

O Processo de Cura

Embora quebrar um osso seja muito traumático para o corpo, os ossos são curadores naturais e, com o tempo, produzem novas células e vasos sanguíneos que reconstroem o osso. Eventualmente, as células em crescimento fecham o intervalo, mas é importante garantir que o osso tenha sido fixado e imobilizado adequadamente, para que o osso se recupere direito. Um elenco normalmente é usado por quatro a seis semanas, então a reabilitação para fortalecer o braço é recomendada. Enquanto o osso está cicatrizando, é importante consumir cálcio e vitamina D para construção óssea (de fontes alimentares como espinafre, leite e suco de laranja enriquecido com cálcio).

Reabilitação para acelerar a cura

Ter o braço engessado pode enfraquecê-lo enquanto está imobilizado para a cura. A fim de garantir que atinja a força total e impedir uma nova ruptura, o médico pode recomendar exercícios de reabilitação ou sessões de fisioterapia. Eles podem durar de duas a oito semanas após a remoção do elenco. Essas sessões de reabilitação enfatizam a flexibilidade da mão, punho e articulação do cotovelo, fortalecendo os músculos que não foram utilizados enquanto o braço estava engessado. Esses tipos de exercícios costumam ser a etapa final na cicatrização de um braço fraturado e na restauração da função.